Encontre o novo talento da sua empresa ou o próximo passo de sua carreira aqui na Hays.

4 coisas que seu recrutador precisa saber sobre você

4 coisas que seu recrutador precisa saber sobre você

Ter uma boa relação de longo prazo com um recrutador pode melhorar seu sucesso profissional. Mas isso também depende que, desde o início, você forneça a ele todas as informações necessárias. Um recrutador da Hays só pode posicionar você nas oportunidades ideais, se ele tiver uma verdadeira compreensão do que você procura. Portanto, o que seu recrutador precisa saber sobre você?

1. Por que você está procurando uma nova oportunidade

Suas razões para querer mudar de emprego podem ser diversas; a cultura, a falta de oportunidades de progressão, o estilo de gerenciamento do seu chefe, o tamanho da empresa ou os aspectos do cargo em si. Seja o que for, informe o motivo de forma positiva e profissional. Por exemplo, em vez de dizer "Não suporto o meu chefe. Ele observa todos os meus movimentos o tempo todo", diga: "Eu prefiro ter mais autonomia no meu cargo e ser confiável para cuidar de tais tarefas”.

Essa informação será mantida confidencialmente pelo recrutador, e servirá apenas para que ele exclua as oportunidades inadequadas ao seu perfil.

2. Sua descrição de trabalho ideal

Agora, o que você quer para sua próxima oportunidade? O que você faz diariamente afeta seu bem-estar pessoal e profissional. Então, qual é a sua descrição de trabalho ideal? Recomendo que avalie os seguintes pontos:

Suas principais responsabilidades

Anote as principais responsabilidades do seu cargo ideal, com base no que você gosta sobre o seu emprego atual, bem como sobre trabalhos anteriores. Você também deve permitir que o recrutador saiba o quanto você deseja progredir e como isso se encaixa aos seus objetivos de carreira.

Seus pontos fortes e fracos

Em seguida, seja claro sobre suas competências técnicas e comportamentais que se adequam às suas responsabilidades hipotéticas e à sua área de atuação. Seu recrutador pode aconselhá-lo sobre como superar lacunas, e pode saber de oportunidades que podem ajudá-lo a fazer isso.

3. Sua empresa ideal

A definição de cada profissional sobre o que é um ótimo lugar para se trabalhar será diferente. No entanto, considere as seguintes questões para definir o seu ambiente de trabalho ideal:

Tamanho da empresa

Talvez você queira trabalhar em uma multinacional, onde você se comunica com as empresas do exterior. Talvez você goste da ideia de trabalhar para uma startup, onde você terá muita responsabilidade e exposição a stakeholders. 

Indústria

Em quais indústrias você já gostou de trabalhar, ou quais se encaixam aos seus interesses? Você não precisa se limitar a trabalhar na mesma indústria que trabalhou anteriormente - muitos gerentes de contratação recebem pessoas de fora da indústria.

Cultura da empresa 

Qual ambiente é mais adequado à sua personalidade? Se você é naturalmente extrovertido, explique que você precisa estar em um local de trabalho animado e sociável. Se você é mais introvertido, você pode se adequar a um ambiente de escritório mais silencioso e focado. Seja verdadeiro, pois a falta de ajuste cultural é uma das principais razões pelas quais as novas contratações não funcionam.

Práticas

Tenha em mente o que você deseja quanto a recompensas, benefícios, políticas de trabalho flexíveis e salários. O recrutador terá essa informação à mão e pode discutir em seu nome ao negociar uma oferta de emprego.

Talvez agora você já tenha algumas empresas em mente que são do seu interesse. Caso contrário, faça alguma pesquisa com base nos critérios acima e leve essa lista ao seu recrutador. Ele pode abordar essas empresas de forma especulativa e ficar de olho em cargos que se adequam ao ser perfil. 

4. Itens essenciais e positivos 

Por último, separe os itens que são essenciais e positivos para você. Seja realista: algumas oportunidades não terão todas as características que você deseja, mas certos fatores são fundamentais para o seu bem-estar no local de trabalho e para os seus objetivos de carreira. Destaque quais pontos são flexíveis, para que seu recrutador não dispense uma oportunidade promissora, só porque não era 100% perfeita. 

Seja honesto, específico e construtivo. Desde a primeira reunião, assegure-se de manter uma comunicação regular com o seu recrutador, atualizando-o sobre seus principais critérios para um novo emprego. Isso é essencial para garantir que você seja apresentado para os papéis mais adequados, não só agora, mas durante cada etapa da sua jornada de carreira.

Chris Dottie

Managing Director, Hays Spain