5 sinais de que seu chefe está procurando outro emprego

Se o seu chefe está procurando outro emprego, obviamente você vai preferir ter certeza disso o quanto antes. Esta mudança pode afetar você de várias formas – positivas ou negativas. Por isso, se você souber dessa transição com antecedência, você pode ter mais tempo para planejar seus próximos passos. Veja a seguir como perceber os sinais de que seu chefe está deixando o atual emprego.

1. Seu chefe está construindo mais ativamente sua marca pessoal

Você começou a notar seu chefe divulgando seu nome um pouco mais do que antes? Por exemplo,  atualizando os perfis profissionais, sendo voluntário para apresentações e seminários públicos e talvez até escrevendo para um blog profissional.

Não me interpretem mal, todas essas atitudes são de um bom líder e certamente devem ser encorajadas. No entanto, se esse comportamento for incomum para o seu chefe, e está acontecendo em conjunto com os sinais listados abaixo, então isso pode significar que ele está tendo essas atitudes para ser notado por um recrutador.

2. Comportamento mais discreto

Seu gerente sai do escritório sem avisar ou está marcando muitos compromissos "pessoais" em sua agenda? Ele está trabalhando mais de casa e quando vai ao escritório está mais bem vestido do que o normal? Tudo isso pode sinalizar que seu chefe está participando de entrevistas em outros lugares e que ele está tentando ser discreto sobre isso.

3. Começando a delegar suas tarefas para a equipe 

O seu chefe começou a delegar mais tarefa a você? Isso pode ser um sinal de que ele sente que você está pronto para assumir responsabilidade extra, o que é uma ótima notícia. No entanto, se o seu gerente de repente está delegando mais tarefas a toda a equipe ao mesmo tempo, é mais provável que ele esteja se preparando para deixar seu emprego.

4. Seu chefe parece mais descontraído do que o habitual

Seu chefe antes estabelecia prazos e metas objetivas, garantindo que tudo fosse realizado pela equipe. Ao longo do tempo, você percebeu que sua atitude em relação ao trabalho parece ter se tornado menos focada no sucesso.

5. Reuniões individuais com seu chefe tornaram-se cada vez menos regulares

Reuniões regulares são cruciais para qualquer gerente que lidera uma equipe. Esta é a chance da equipe receber feedback, discutir objetivos e garantir que todos estejam atentos para realizar suas metas.

Você consegue se lembrar da última vez que você se sentou com seu gerente? Claro, se a frequência dessas reuniões diminuiu, pode ser que seu chefe confie na sua capacidade e decisões próprias. No entanto, se a frequência diminuiu drasticamente, e você não consegue pensar em algo que justifique isso, então pode ser que seu chefe está passando suas responsabilidades adiante e preparando você para ser mais independente.   

Como expliquei, esses comportamentos, quando individualizados, não significam necessariamente a resignação. No entanto, uma combinação dos itens acima pode indicar que o seu chefe está deixando o atual emprego. Se for esse o caso, considere cuidadosamente o que isso significa para você. Seu papel mudará para melhor ou pior? Isso é uma oportunidade para você se responsabilizar por mais tarefas, ou significa que você também deve seguir em frente e deixar a empresa? Afinal, se ele era um importante gerente e perdeu o interesse e paixão pela empresa, talvez o problema não seja seu chefe, mas a organização para a qual você trabalha.

Jason Walker

Board Director and Managing Director, Hays New Zealand