Caminho de Navegação

HaysBr_Blog_Dicas_de_Carreira

Blog Dicas de Carreira
Confira as dicas e conselhos de carreira escritos por nossos especialistas.

Blogs

Certificações mais valiosas em TI

Seguir uma carreira na área de tecnologia da informação pode exigir várias competências do profissional. As certificações em TI são uma forma para adquirir determinadas skills e aprofundar cada vez mais o interesse em uma área específica.

Profissionais com uma carreira a nível inicial conseguem obter bons resultados se investirem nas certificações em TI , somando uma experiência legítima para o seu currículo. Já profissionais com carreiras sênior, garantem desenvolvimento contínuo e fácil adaptação das habilidades em diversos cenários.

Entretanto, existem várias certificações disponíveis para as mais diversas áreas da tecnologia da informação. Umas mais valiosas que outras, mas todas têm a sua importância no desenvolvimento profissional.

Neste conteúdo, você vai entender o que são essas certificações, porque elas são tão importantes e quais são as certificações mais valiosas em TI.

O que são certificações em TI?

Certificações em TI são declarações formais que servem para comprovar determinadas habilidades e conhecimentos de um profissional em sua área de atuação tecnológica. Essas declarações são emitidas por instituições ou empresas de credibilidade e podem atestar as habilidades dos profissionais.

Independente se o profissional possui ou não formação acadêmica na área de TI ou é autodidata, as certificações em TI podem ser obtidas por aqueles que almejam obter especialização em uma área específica, desejam fazer transição de carreira ou estão em busca de crescimento e desenvolvimento de suas skills.

Sendo assim, as certificações em TI são muito importantes para os profissionais, já que a área de tecnologia da informação exige atualização contínua por quem atua.

Por que as certificações em TI são tão importantes?

As certificações em TI têm o seu lugar no mercado.

Para algumas empresas, essas certificações podem ser mais relevantes que uma formação acadêmica na área de TI. Isso porque as certificações preparam o profissional para diversos cenários, permitindo que o mesmo atue em funções específicas em diversos segmentos do setor.

Para que uma empresa obtenha resultados positivos em seus projetos, contar com um profissional certificado pode ser um fator determinante.

Por isso, se você é um profissional que deseja se destacar no mercado de trabalho e subir o nível do seu cargo, apostar em uma certificação pode ser um investimento que vai definir o seu futuro na área.

Quais são as certificações em TI mais valiosas?

Quem trabalha na área sabe que o número de certificações profissionalizantes é bem alto. Por este motivo, existem certificações em TI que são mais valiosas e garantem mais destaque para o perfil do profissional.

Este é um ponto que pode gerar vários questionamentos por parte dos candidatos. Isso porque cada empresa pode exigir alguma específica, tornando a vaga muito seletiva.

Para tornar esse processo mais fácil para os profissionais, elencamos aqui as certificações em TI mais valiosas do mercado e uma breve descrição do que cada uma delas é em sua teoria.

Certified in the Governance of Enterprise IT (CGEIT)

A CGEIT é uma certificação emitida pelo ISACA - Information Systems Audit and Control Association - e permite que o profissional apresente o seu conhecimento profissional em governança de TI. Os profissionais com essa certificação conseguem aplicar os princípios e conceitos no ambiente profissional.

Essa certificação em TI é indicada para profissionais com funções de gerenciamento, consultoria ou garantias de governança  e pode incluir diretores de TI, executivos, gerentes e profissionais da área.

De acordo com dados do Global Knowledge, a certificação CGEIT do ISACA é classificada como uma das mais importantes no mercado de tecnologia da informação.

Para os profissionais que desejam obter a CGEIT, alguns requisitos são exigidos, como 5 ou mais anos de experiência em gerenciamento, atendendo como consultores ou supervisores de iniciativas de governança em TI no ambiente de trabalho.

AWS Certified Solutions Architect - Associate

A AWS Certified Solutions Architect – Associate é uma credencial que pode auxiliar as empresas na identificação e desenvolvimento de profissionais com habilidades mais críticas, como implementação de projetos em nuvem.

Os profissionais com essa certificação, têm a capacidade de desenvolver e implementar sistemas na AWS - Amazon Web Services -, uma plataforma em nuvem bastante adotada por empresas em todo o mundo.

Para obter essa certificação, também são exigidos algumas competências, como possuir, no mínimo, um ano de experiência prática com a tecnologia AWS. Isso pode incluir, segundo a AWS, “o uso de serviços AWS de computação, rede, armazenamento e banco de dados, bem como serviços de implantação e gerenciamento da AWS”.

Além disso, é exigido do profissional experiência com implementação, gerenciamento, operação de carga de trabalho, entre outras habilidades.

Project Management Professional (PMP)

Disponibilizada pelo Project Management Institute (PMI) a certificação em Project Management Professional (PMP) é dedicada a profissionais já em cargos mais avançados de gerenciamento de projetos.

Com uma certificação PMP, o profissional poderá trabalhar em várias empresas com qualquer metodologia, independente da localização. A certificação abrange as 5 etapas mais importantes do ciclo de vida de um determinado projeto, como início, planejamento, execução, monitoramento e controle de fechamento.

Essa certificação exige que o profissional possua 3 anos de experiência prática em gestão de projetos, além de 4.500 horas de liderança em projetos e 35 horas de educação na mesma área.

Certified Information Systems Security Professional (CISSP)

A Certified Information Systems Security Professional (CISSP) foi a primeira certificação da área a atender os critérios da Norma ISO/IEC 17024. Aqui no Brasil, essa norma corresponde a ABNT NBR ISO/IEC 17024:2004 e é uma avaliação onde é exigido critérios rigorosos das empresas que emitem certificados a profissionais.

A CISSP permite que o profissional de segurança da informação estabeleça práticas recomendadas em relação à segurança mais atual.

Para que um profissional possa obter a CISSP, é necessário possuir, no mínimo, 5 anos de experiência em segurança da informação e 3 anos como gerente de segurança. Além disso, é necessário manter a certificação sempre atualizada por meio de CPE - Educação Profissional Continuada.

AWS Certified Developer - Associate

A AWS Certified Developer - Associate é uma certificação que capacita o profissional a escrever e implantar projetos em nuvem. Ela ainda contribui para que as empresas identifiquem e desenvolvam seus colaboradores com habilidades críticas na AWS.

Os requisitos necessários exigem bastante conhecimento em pelo menos uma linguagem de programação, além de proficiência no desenvolvimento, implantação e depuração de aplicativos baseados em nuvem utilizando a plataforma da AWS.

Certified in Risk and Information Systems Control (CRISC)

A Certified in Risk and Information Systems Control é a única certificação que proporciona o desenvolvimento de profissionais da área de tecnologia da informação, posicionando-os como parceiros estratégicos da empresa em que atuam.

Com essa certificação, os profissionais poderão atuar no gerenciamento de riscos, avaliação, mitigação, monitoramento e elaboração de relatórios.

Os requisitos necessários exigem que o profissional tenha no mínimo 3 anos de experiência em pelo menos 2 dos 4 temas abordados na certificação.

Certified Information Security Manager (CISM)

A CISM também é uma certificação disponibilizada pelo ISACA. Ela se baseia na segurança da área de TI a nível gerencial e capacita os profissionais na criação, design e gerenciamento de projetos de segurança corporativa.

Essa certificação é aceita no mundo inteiro e é essencial para profissionais com cargos gerenciais de segurança da informação.

Os requisitos incluem pelo menos 5 anos de experiência em segurança da informação, além de ser necessário obter CPEs para mantê-la.

Certified ScrumMaster

Essa é uma das certificações em TI mais respeitadas pelo mercado de TI. A certificação em ScrumMaster permite que o profissional seja capaz de validar o seu conhecimento em framework Scrum e como aplicá-lo no ambiente corporativo.

Para profissionais com um cargo mais avançado como gerente de projetos, gerente de projetos técnicos, mestres de Scrum, gerentes de programas, líderes de projetos e desenvolvedores de produtos, a certificação ScrumMaster pode ser muito útil.

Os requisitos necessários para essa certificação exige que o profissional participe de um curso CSM - Certified ScrumMaster - presencial ministrado por um instrutor certificado.

Certified Ethical Hacker (CEH)

Disponibilizada pelo EC-Council - Conselho Internacional de Consultores de Comércio Eletrônico. Com essa certificação, o profissional será capacitado para localizar vulnerabilidades nos sistemas dos computadores da empresa, evitando invasões, por exemplo.

Um profissional ético possui as mesmas habilidades e conhecimentos de um hacker mal intencionado. Isso significa que é capaz de desenvolver medidas de segurança para evitar ataques.

Para esses profissionais, as empresas pedem que eles trabalhem como se fossem um hacker para encontrar “pontos fracos” em suas redes e sistemas.

Para obter a CEH, o profissional precisa ter no mínimo 2 anos de experiência atuando com segurança da informação.

Six Sigma Green Belt

O Six Sigma Green Belt é uma formação disponível para profissionais que buscam o domínio em ferramentas essenciais para o desenvolvimento de projetos de melhorias, independente do porte da empresa.

Com essa formação, o profissional consegue identificar possíveis problemas e falhas nos processos do ambiente corporativo, avaliar o que está ou não de acordo com o que foi proposto pelo cliente e implementar soluções a fim de reduzir os custos.

Além disso, o profissional com uma certificação Six Sigma Green Belt pode sair na frente nos processos de admissão em empresas de grande porte, o que pode significar ganhos até 12% mais altos em relação aos profissionais não certificados.

Essa certificação exige que o profissional tenha, no mínimo, 3 anos de experiência em trabalhos nas áreas do corpo de conhecimento Six Sigma Green Belt e ter trabalho em período integral.

Citrix Certified Professional - Virtualization (CCP-V)

A CCP-V é uma certificação que capacita o profissional a trabalhar em virtual desktop applications utilizando as tecnologias da Citrix - empresa de software americana.

Substituída em 2014 pela certificação Citrix Certified Enterprise Engineer (CCEE), a CCP-V oferece ao profissional a capacidade para implantar, manter e configurar os sistemas utilizando o XenDesktop, software da Citrix.

O profissional poderá obter essa certificação após concluir a certificação de associado.

Microsoft Certified Solutions Expert - MCSE) - Server Infraestructure

Conhecida aqui no Brasil por MCSE: Infraestrutura do Servidor é uma certificação disponibilizada pela Microsoft.

Com ela, o profissional se qualificará para trabalhar  como especialista em suporte e analista de segurança da informação.

Além disso, desenvolverá suas habilidades na administração de data centers, gerenciamento de identidades, sistemas, virtualização, armazenamento e sistemas disponibilizados na rede da empresa.

 

A certificação em MCSE exige que o profissional tenha um bom desempenho na área escolhida e precisará completar um exame de recertificação a cada 3 anos.

Certified Information Systems Auditor (CISA)

A CISA é mais uma das certificações em TI oferecidas pela ISACA. Com ela, o profissional poderá validar sua experiência em auditorias, habilidades e conhecimento, além de melhorar a capacidade na gestão de vulnerabilidades e assegurar controles de conformidade dentro da empresa.

Para obter uma certificação CISA, o profissional precisa ter, no mínimo, 5 anos de experiência em auditoria, controle ou segurança de SI. Além disso, antes de obter de fato a certificação, será necessário passar por um exame de nível de entrada.

Conclusão

Como vimos no decorrer deste artigo, existem várias opções de certificações em TI disponíveis no mercado.

Contudo, algumas são mais valiosas e podem ser um fator decisivo para as empresas no processo de contratação de profissionais.

Essas certificações em TI são importantes para quem deseja promover suas habilidades e conhecimentos profissionais, além de elevar o nível de sua carreira.

O mercado de TI é uma área dinâmica e exige atualização constante por parte dos profissionais. Isso acaba se tornando um grande diferencial para pessoas com certificações em TI, se comparado com as que não os têm.

Dependendo da certificação, ela pode ter até mais peso do que uma formação na faculdade. Ou seja, algumas empresas levam em consideração as experiências práticas do profissional, e não sua formação acadêmica.
00

blog categoria

most popular blog

Blogs mais lidos

#1 Como responder a pergunta [Fale um pouco sobre você]
 
Entrevista | 6 min
 

#2 11 sinais que sua entrevista foi um sucesso
 
Entrevista | 9 min
 

#3 Como demonstrar interesse pela vaga em 6 passos
 
Entrevista | 7 min
 

Bsucar vagas

Em busca de uma nova oportunidade? Encontre aqui o seu emprego ou entre em contato com um de nossos consultores.